Skip navigation

Category Archives: PLANEAMENTO REGIONAL

DR n.º 250, Série II, 23 de Dezembro
Despacho n.º 15511/2015
CIMAC — Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central
Alteração do Regulamento Interno da Comunidade Intermunicipal do Alentejo Central (CIMAC)

Aviso n.º 15020/2015
Município de Montemor-o-Velho
Correção material da 1.ª Revisão do Plano Diretor Municipal de Montemor -o -Velho

Anúncios

Revitalizar a região do Douro vinhateiro numa perspectiva de planeamento das energias renováveis e a sua adaptação no meio envolvente é o desafio que 24 jovens urbanistas de todo o mundo vão abraçar até dia 18 de Outubro. Portugal estará representado por seis jovens entre os quais um aluno de doutoramento da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, que se encontra a fazer investigação na área do urbanismo bioclimático.

Uma viagem de comboio do Porto em direcção ao Pinhão, realizada esta manhã, marcou o início do “Young Planners Professionals”, o workshop que reúne os jovens urbanistas de todo o mundo. Esta iniciativa surge, assim, em forma de antecipação ao 45.º Congresso internacional da International Society of City and Regional Planners, que decorre na Faculdade de Engenharia da Universidade da Universidade do Porto (FEUP) a partir do próximo dia 19 de Outubro, cujo tema central se situa no debate sobre cidades de baixo teor em carbono.

Até ao próximo dia 18 de Outubro, estes jovens terão a oportunidade de desenvolver a sua proposta de sustentabilidade, num desafio que procura despoletar uma imagem promocional associada ao destaque das energias renováveis e ao cuidado com as emissões de carbono na paisagem duriense.

fonte: Ambiente Online

DR n.º 186, Série I, de 24 de Setembro
Decreto-Lei n.º 254/2009
Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas
No uso da autorização concedida pela Lei n.º 36/2009, de 20 de Julho, aprova o Código Florestal

DR n.º 186, Série II, de 24 de Setembro
Anúncio n.º 7206/2009
Cim do Ave – Comunidade Intermunicipal do Ave
Constituição da Cim do Ave – Comunidade Intermunicipal do Ave e respectivos estatutos

conversas_500

Nova sessão das Conversas Sobre o Território da APPLA. Desta vez o tema será “O Planeamento Enquanto Processo: o Processo de Planeamento do Centro Histórico do Porto, Património Mundial” e contará com o arquitecto Rui Ramos Loza, Director Regional do IHRU, Administrador da Porto Vivo – SRU e Docente na Univ. Aveiro; e de Carlos Martins – Economista e Consultor.

As Conversas Sobre o Território são sempre às terças-feiras de dois em dois meses, na Biblioteca Municipal de Aveiro. Esta em particular será no dia 23 de Setembro, às 14.30 horas.

As Conversas Sobre o Território são uma iniciativa conjunta da Associação Portuguesa de Planeadores do Território (APPLA), da Câ­mara Municipal de Aveiro, do Núcleo de Arquitectos de Aveiro e da Delegação Distrital de Aveiro da Ordem dos Engenheiros. Conta ainda com o apoio do jornal Diário de Aveiro.

Com o mote «Cidade Justa», a Secção Autónoma de Ciências Sociais, Jurídicas e Políticas da Universidade de Aveiro organiza, no dia 8 de Junho, a partir das 15h, na Sala 12.3.12 desta Secção Autónoma, um seminário para discutir o trabalho desenvolvido por quatro doutorandos de Berkeley na área da reinterpretação da noção de justiça social nas cidades contemporâneas. O Seminário destina-se primariamente a estudantes de pós-graduação, no entanto, a entrada é livre e aberta a todos os interessados.

Este Seminário aproveita a presença de quatro doutorandos da Universidade da Califórnia – Berkeley no país para apresentar um conjunto de contributos para a reinterpretação da noção de justiça social nas cidades contemporâneas.

O debate em torno do conceito de justiça social e da sua relação com a cidade e com as práticas instaladas nas estruturas de ordenamento do território tem florescido numa corrente teórica no seio do Planeamento Regional e Urbano crescentemente contaminada por conceitos e autores oriundos dos domínios das ciências sociais, políticas e humanas e da teoria crítica. Esta reinterpretação crítica tem sido um processo largamente comandado pela academia anglo-saxónica, onde Berkeley desempenha um papel de relevo.

A lenta penetração destes discursos e abordagens na academia portuguesa justifica o aproveitamento da presença dos quatro oradores para apresentar exemplos desta prolífica produção teórica e confrontá-la com as práticas e discursos das escolas de Planeamento e Ciência Política de Aveiro, procurando conexões entre ambas e fomentando a aprendizagem mútua.

É com este objectivo que a Secção Autónoma de Ciências Sociais, Jurídicas e Políticas da Universidade de Aveiro organiza o Seminário Cidade Justa. Nesta iniciativa, o trabalho dos quatros doutorandos de Berkeley será discutido por estudantes de Pós-Graduação das áreas do Planeamento e da Ciência Política da SACSJP.

[site] www.ua.pt/csjp

O Centro Regional do Porto da Universidade Católica Portuguesa, UCP, em parceria com o jornal Público, promovem entre os dias 18 de Março até 23 de Abril o VI Ciclo de Conferências “Olhares Cruzados sobre o Porto”.

Com o objectivo de estimular a reflexão sobre temas transversais à cidade do Porto e à região do Norte, as conferências decorrem no Auditório A1 do Campus da Foz da Universidade Católica. Rua Diogo Botelho, 1327 (à Praça do Império), no Porto, excepto a conferência do dia 23 de Abril que se realiza na Associação Comercial do Porto (Palácio da Bolsa – Rua Ferreira Borges).

mais informações
[link] programa do IV Ciclo de Conferências “Olhares Cruzados sobre o Porto”

O 2.º Encontro Português de Jovens Investigadores na Área do Planeamento Regional e Urbano terá lugar na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, a 14 de Maio de 2009, desta feita associado e precedendo a 2.ª Conferência do Centro de Investigação do Território, Transportes e Ambiente – CITTA – que decorrerá a 15 de Maio.

Este encontro é especialmente dirigido a investigadores junior de todas as formações relacionadas com o planeamento regional e urbano e pretende colmatar a ausência de espaços de partilha de experiências de investigação na área em Portugal. O encontro é vocacionado não só para investigadores que se encontram numa fase intermédia da sua tese de doutoramento, mas também para investigadores em fase inicial de trabalho do seu doutoramento.

O objectivo é debater objectivos, questões metodológicas e desafios, e não tanto apresentar resultados. O 2.º EPIPRU contará com a presença de investigadores senior convidados na qualidade de oradores.

mais informações
[blog] Encontro Português de Jovens Investigadores na Área do Planeamento Regional e Urbano

A Direcção da APG está a organizar o “Ciclo de Conferências Ordenamento do Território e Coesão Territorial”. O evento, pretende ser um contributo para o debate público do Livro Verde sobre Coesão Territorial Europeia, promovido pela APG com a colaboração de associações profissionais com interesses e responsabilidades no território.

O ciclo de conferências, para além do lançamento de uma discussão pública alargada sobre estas matérias, tem o objectivo de elaborar e apresentar um contributo da sociedade civil portuguesa à consulta pública lançada pela Comissão Europeia sobre o Livro Verde da Coesão Territorial.

A fim de permitir que o debate envolva um número diversificado de perspectivas, e que possa reflectir as expectativas dos vários níveis de intervenção sobre o território, serão organizadas sete sessões regionais, uma em cada região NUT II.

[site] Associação Portuguesa de Geógrafos

A Comissão Europeia lançou no final de Setembro passado uma importante ferramenta de apoio à decisão ao nível do planeamento regional, principalmente ao nível da União Europeia e da sua política de coesão.

Trata-se de um projecto que se iniciou em 1998 que consistiu numa espécie de auditoria a trezentas e sessenta e duas cidades europeias (da EU ou de fora dela), a partir de uma recolha de vários indicadores estatísticos nas áreas da demografia, sócio-económicos e de qualidade de vida (ambiente e transportes, por exemplo).

A plataforma permite efectuar vários estudos comparativos entre cidades de vários países. De Portugal, existem dados referentes a oito cidades: Aveiro, Braga, Coimbra, Funchal, Lisboa, Ponta Delgada, Porto e Funchal.

[site] URBAN AUDIT www.urbanaudit.org

DR n.º 156, I Série, de 13 de Agosto
Lei n.º 41/2008
Assembleia da República
Grandes Opções do Plano para 2009