Skip navigation

Category Archives: AGENDA

No âmbito do Projecto Cicloria realiza-se no próximo dia 6 de Novembro de 2009, em Aveiro a conferência “O Lazer e o Turismo Ciclável em Portugal”. O Projecto Cicloria foi uma iniciativa aprovada pelo Programa Operacional de Valorização do Território – Acções Inovadoras.

O prazo para as inscrições termina no dia 30 de Outubro. O programa assim como a ficha de inscrição encontram-se disponíveis no blogue da conferência.

[link] Conferência “O Lazer e o Turismo Ciclável em Portugal”
[link] Projecto Cicloria

conversas_500

Nova sessão das Conversas Sobre o Território da APPLA. Desta vez o tema será “O Planeamento Enquanto Processo: o Processo de Planeamento do Centro Histórico do Porto, Património Mundial” e contará com o arquitecto Rui Ramos Loza, Director Regional do IHRU, Administrador da Porto Vivo – SRU e Docente na Univ. Aveiro; e de Carlos Martins – Economista e Consultor.

As Conversas Sobre o Território são sempre às terças-feiras de dois em dois meses, na Biblioteca Municipal de Aveiro. Esta em particular será no dia 23 de Setembro, às 14.30 horas.

As Conversas Sobre o Território são uma iniciativa conjunta da Associação Portuguesa de Planeadores do Território (APPLA), da Câ­mara Municipal de Aveiro, do Núcleo de Arquitectos de Aveiro e da Delegação Distrital de Aveiro da Ordem dos Engenheiros. Conta ainda com o apoio do jornal Diário de Aveiro.

A Lei de Bases da Política de Ordenamento do Território e de Urbanismo (LBPOTU) – Lei nº 48/98, de11 de Agosto, alterada pela Lei nº 54/2007, de 31 de Agosto – define os princípios gerais daquela política e fixa três âmbitos territoriais de actuação para os instrumentos de gestão territorial: o âmbito nacional, o âmbito regional e o âmbito municipal. Os dois primeiros assumem-se como de carácter estratégico para o desenvolvimento territorial…

O Plano Regional de Ordenamento do Território do Norte – PROT-Norte – foi mandado elaborar através da Resolução do Conselho de Ministros nº 29/2006, de 23 de Março, ficando a Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional incumbida de promover a sua elaboração.

O Plano Regional de Ordenamento do Território da Região Norte (PROT-N), elaborado a uma escala regional, é um instrumento de desenvolvimento territorial que define o quadro estratégico do ordenamento da Região Norte, a desenvolver pelos planos municipais e intermunicipais de ordenamento do território.

Assim, com a apresentação do PROT-N que se pretende promover, deseja-se conhecer qual o modelo de organização do território preconizado para a Região Norte, a forma como este estabelece a estrutura regional do sistema urbano, as redes de infra-estruturas e equipamentos de interesse regional, e como são definidos os objectivos e princípios a considerar na localização das actividades e grandes investimentos públicos, a politica regional em matéria ambiental, e as orientações e directrizes para o ordenamento do território regional.

De salientar que com a actual implementação do QREN, os PROT são documentos fundamentais para a definição e avaliação dos programas de acção e de intervenção candidatos ao co-financiamento pelos fundos comunitários.

2 de Setembro de 2009, quarta-feira, 21.30h
Clube Literário do Porto (Rua Nova Alfândega 22, Porto, 4050, Tel. 22 208 92 28)
Convidados: Prof. José Rio Fernandes, Arq.ª Teresa Andersen, Eng.º Manuel Miranda e Prof.ª Teresa Sá Marques

Em continuidade com a experiência positiva do ano passado, o Município de Oliveira de Azeméis através da sua Divisão de Sistemas de Informação Geográfica e Cartográfica, volta este ano a aderir a esta iniciativa e a organizar em Oliveira de Azeméis um evento comemorativo do GIS Day – Dia Mundial dos Sistemas de Informação Geográfica.

Este ano o evento terá como tema “Os Sistemas de Informação Geográfica na Sociedade” e decorrerá no dia 18 de Novembro no Auditório da Escola Secundária Soares Basto.

A inscrição é gratuita mas obrigatória.

[link] mais informações e inscrições em: http://gisday-oaz.sitesedv.com/

conversas_500

A Universidade de Aveiro, a Associação Portuguesa de Planeadores do Território, a Câ­mara Municipal de Aveiro, o Núcleo de Arquitectos de Aveiro e a Delegação Distrital de Aveiro da Ordem dos Engenheiros, com o apoio do Diário de Aveiro, juntam-se na orga­nização de Conversas sobre o Território.

A primeira sessão está agendada para o dia 14 de Julho e versará sobre as questões relacionadas com a Habitação. Jorge Carvalho, urbanista e professor associado convidado da Universidade de Aveiro, moderará o debate que terá como oradores:

Fátima Matos (Prof. Auxiliar de Departamento Geografia da FLUP)
“Necessidades Habitacionais e Política Habitacional – Uma visão das propostas do Plano Estratégico da Habita­ção 2008-2013” e

Sheila Holz (Licenciada em Direito, especialização em Direito do Urbanismo, pela Pontifícia Universidade Católica de Minas. A concluir o Mestrado em Planeamento Territorial – Ordenamento da Cidade (UA)) – Tese de Mestrado – “O Direito à Habitação no Brasil (legislação recente)”

As sessões das Conversas no Território acontecerão na Biblioteca Municipal de Aveiro, entre as 14.30 e as 18 horas. A entrada tem o valor de 5 euros.

7 e 8 de Julho | Cine-teatro São Pedro, Águeda

A Câmara Municipal de Águeda irá promover nos próximos dias 7 e 8 de Julho as II Jornadas de Modernização Administrativa: Excelência e Inovação que serão realizadas no Cine-teatro São Pedro em Águeda e que contarão com a presença do Ministro da Presidência, Professor Doutor Pedro Silva Pereira.

Estas jornadas surgem como uma oportunidade para a Câmara Municipal de Águeda, e outras entidades, darem a conhecer aos diversos participantes e, em particular, à Administração Pública, os novos procedimentos que têm vindo a desenvolver e a implementar, inovando, facilitando e modernizando a sua acção junto de todos os cidadãos mas, permitirão também a troca de experiências entre os presentes, traçando novos rumos.

[link] mais informações sobre as jornadas em www.cm-agueda.pt/jornadas

8 e 9 de Outubro | Campus de Santa Apolónia, Bragança

Apesar das melhorias que se têm vindo a observar, em relação a alguns aspectos (e.g. uso mais eficiente da energia), a maior parte dos indicadores-chave de qualidade ambiental sugere uma tendência negativa, reforçando a necessidade de se enveredar por soluções assentes num planeamento urbano que releve a utilização dos espaços verdes. De facto, a vegetação urbana pode agir como uma “biotecnologia” capaz de mitigar os efeitos negativos do processo de urbanização, conferindo às cidades melhores condições de habitabilidade. Além do seu valor estético, os espaços verdes contribuem para a melhoria da qualidade do ar, do ambiente acústico e das condições de conforto térmico.

No âmbito desta Conferência procurar-se-á encontrar estratégias de construção da cidade contemporânea que promovam a qualidade do ambiente urbano, através da participação de oradores de reconhecido valor como forma de estimular o debate entre os participantes, procurando-se também apresentar ainda importantes instrumentos de apoio à decisão.

[link] site da conferência www.esa.ipb.pt

Vai realizar-se no próximo dia 27 Junho (sábado), pelas 21.30h, no Mercado Negro a primeira apresentação do projecto ‘Avenida’.

Este projecto insere-se no conjunto de actividades que o movimento cívico Amigosd’Avenida tem vindo a apoiar e a dinamizar e consta de um documentário sobre a Avenida Lourenço Peixinho (e respectiva banda sonora) realizado pelo músico e compositor Joaquim Pavão e produzido por Tânia Oliveira da Senso Comum.

Este projecto resulta de um trabalho de pesquisa e recolha de dados e materiais que a equipa de investigação, produção e realização tem estado a desenvolver sobre o espólio fotográfico e documental da Avenida e procura reflectir sobre três momentos distintos do seu desenvolvimento: o passado, o presente e o seu futuro.

O projecto não está ainda concluído, pelo que se pretende com esta primeira sessão fazer uma breve apresentação do projecto e recolher eventuais testemunhos (orais ou documentais) ou sugestões sobre o documentário ‘Avenida’.

[link] blog do Movimento Amigos d’Avenida

parjp_500

[site] www.parjapportugal2009.com

Com o mote «Cidade Justa», a Secção Autónoma de Ciências Sociais, Jurídicas e Políticas da Universidade de Aveiro organiza, no dia 8 de Junho, a partir das 15h, na Sala 12.3.12 desta Secção Autónoma, um seminário para discutir o trabalho desenvolvido por quatro doutorandos de Berkeley na área da reinterpretação da noção de justiça social nas cidades contemporâneas. O Seminário destina-se primariamente a estudantes de pós-graduação, no entanto, a entrada é livre e aberta a todos os interessados.

Este Seminário aproveita a presença de quatro doutorandos da Universidade da Califórnia – Berkeley no país para apresentar um conjunto de contributos para a reinterpretação da noção de justiça social nas cidades contemporâneas.

O debate em torno do conceito de justiça social e da sua relação com a cidade e com as práticas instaladas nas estruturas de ordenamento do território tem florescido numa corrente teórica no seio do Planeamento Regional e Urbano crescentemente contaminada por conceitos e autores oriundos dos domínios das ciências sociais, políticas e humanas e da teoria crítica. Esta reinterpretação crítica tem sido um processo largamente comandado pela academia anglo-saxónica, onde Berkeley desempenha um papel de relevo.

A lenta penetração destes discursos e abordagens na academia portuguesa justifica o aproveitamento da presença dos quatro oradores para apresentar exemplos desta prolífica produção teórica e confrontá-la com as práticas e discursos das escolas de Planeamento e Ciência Política de Aveiro, procurando conexões entre ambas e fomentando a aprendizagem mútua.

É com este objectivo que a Secção Autónoma de Ciências Sociais, Jurídicas e Políticas da Universidade de Aveiro organiza o Seminário Cidade Justa. Nesta iniciativa, o trabalho dos quatros doutorandos de Berkeley será discutido por estudantes de Pós-Graduação das áreas do Planeamento e da Ciência Política da SACSJP.

[site] www.ua.pt/csjp