Skip navigation

Em processos de planeamento do território, torna-se importante perceber quais os impactes negativos que terá uma intervenção antes do seu início. Quanto mais cedo for feita essa avaliação melhores serão os resultados e mais benéfica será a análise para os bens que se pretende salvaguardar.

Um grupo de cientistas espanhóis, desenvolveu um modelo de monitorização que pode ser utilizado em intervenções de grande escala na avaliação dos impactes nos habitats e no ambiente. O modelo foi desenvolvido aquando da reestruturação da rede de transportes espanhola e utilizou vários critérios como a geologia, hidrologia, qualidade do ar, características do solo entre outros.

O processo de monitorização permitiu chegar à conclusão de quais seriam as áreas mais sensíveis e onde se deveria evitar intervir. Os resultados do trabalho dos investigadores espanhóis permitiram que o Plano de Infra-estruturas de Transporte Espanhol sofresse algumas alterações.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: